Destaques
Aldeone convoca torcida para o Sonho da Série C para o Sousa
26 de maio de 2017 - Postado por: Redacao



Prof Índio revela tática para jogar com o Juazeirense-BA
26 de maio de 2017 - Postado por: Redacao



Fotos do coletivo-apronto do Sousa em 25/05/2017
25 de maio de 2017 - Postado por: Redacao




 


Ops! Sem filmagem do coletivo-apronto
25 de maio de 2017 - Postado por: Redacao

Do Blog do Garotão / por Zeca Boleta

É verdade que o Blog do Garotão não tem feito a cobertura diária de todos os treinos do Sousa. Mas nesta quinta-feira (25/maio) fomos comunicados pelo auxiliar técnico Acássio Rocha que não seriam permitidas filmagens do coletivo-apronto.

As fotos foram liberadas. Entrevistas em vídeo com o presidente Aldeone Abrantes, com o treinador Índio Ferreira e com o preparador físico Gustavo Nascimento também foram liberadas.

No sábado (27/maio), às 18:30, o Sousa enfrenta o Juazeirense-BA em Juazeiro-BA pela segunda rodada do Brasileirão 2017 Série D - Grupo A7.



Jadson Sergipano deixa o DM e treina parte física
25 de maio de 2017 - Postado por: Redacao

Do Blog do Garotão / por Zeca Boleta

O Zagueiro Jadson Sergipano deixou o Departamento Médico do Sousa e já retornou aos treinos físicos. No entanto, o zagueiro ainda deverá desfalcar o Dinossauro pela segunda da Série D do Brasileirão. O zagueiro machucou-se na intertemporada.
 


A primeira terça de prima no Blog do Garotão
22 de maio de 2017 - Postado por: Redacao

Do Blog do Garotão / Coluna do Garotão


Antes de qualquer outra palavra

Desculpas! Esse período entre o final do Paraibano 2017 para o Sousa e a estreia do Dinossauro na Série D do Campeonato Brasileiro do mesmo ano não é a primeira morte temporal do Blog do Garotão. Mas é o primeiro lapso temporal sob o comando do Zeca Boleta – o novo editor do Blog depois que nós [Garotão] passamos a contribuir com colunas e deixamos [emprestamos] o nosso nome para esse Canal de notícias dedicado ao Sousa Esporte Clube.

Um novo hábito para as terças

Façamos o seguinte: vamos escrever uma coluna para o Blog do Garotão todas as terças-feiras [- Esperamos].

A estreia do Sousa na Série D 2017

Não poderia ter sido melhor. O Sousa recebeu o Central-PE no Marizão e começou o certame rumo à Série C vencendo em seus domínios. Afastou a má impressão da campanha melancólica do Paraibano 2017 e deixou um recado aos adversários do Grupo A7: esse Dinossauro é forte!

Ressurgiu o Maior do Sertão, apesar da desconfiança

A ideia de manter uma base do Paraibano 2017 para a Série D do Brasileirão não foi bem recebida pela torcida do Sousa, muito pela irregularidade apresentada no estadual. Nós, enquanto cronistas, apesar da preocupação e sabedores da limitação financeira que atravessa o Sousa, comungando do receio do torcedor, apostamos em duas ressalvas: os reforços pontuais trazidos do Internacional-PB pelo treinador Índio Ferreira e a certeza que o presidente Aldeone Abrantes, apesar do martírio financeiro, conhece o futebol como poucos dirigentes no interior nordestino.

É cedo para elogiar?

A segunda-feira 22 de maio de 2017 surgiu com o orgulho do torcedor do Sousa em alta. E não porque o Botafogo-PB perdeu para o Fortaleza-CE pela Série C no sábado. E não porque o Campinense-PB perdeu para o Atlético-PE pela Série D no domingo. E não porque o Treze-PB está de férias, mais um ano seguido. E não porque o Atlético de Cajazeiras não passa de um coadjuvante no Campeonato Paraibano e dele não passa, a não ser para a segunda divisão ano sim ano não. E não porque Cruzeiro de Itaporanga, Paraíba de Cajazeiras, Nacional e Esporte de Patos estão na segunda divisão do estadual. O orgulho do torcedor do Sousa está em alta porque, apesar do início de ano turbulento, o Dinossauro do Sertão renasceu para o Campeonato Brasileiro da Série D jogando um bom futebol [apesar do início de temporada] e com cancha de competitivo. Então: Dali Sousa, Dali Dinossauro, Dali Dali Maior do Sertão!!!

Treinador faz a diferença sim

É velha a discussão entre boleiros. Mas pelo que o técnico Índio Ferreira realizou com o Sousa na reta final do estadual temos que reconhecer que treinador faz a diferença sim. Além de um currículo campeão como jogador de futebol, com passagem por grandes clubes do Brasil, essa jovem promessa como treinador tem mostrado que aguarda apenas a oportunidade para comandar um grande clube em estrutura financeira para alçar o topo no cenário nacional. Aguardemos.

Um Dinossauro voador

Havia alguns campeonatos não registrávamos um Sousa jogando noventa minutos com um preparo físico tão consistente. O preparador físico Gustavo Nascimento está de parabéns.

O melhor em campo?

Contra o Central-PE o atacante Daniel Caiçara sobrou em campo, apesar de ter desperdiçado inúmeras chances de gol. Deu a assistência para o meia Thiago Almeida marcar o primeiro e fez o segundo. No entanto, precisa amadurecer para manter o foco no jogo e não se irritar consigo mesmo ao perder um ou outro lance – está faltando inteligência emocional.

E os demais jogadores?

Eduardo Sousa e Renan, a dupla de zagueiros de área chegou a vacilar em algum momento do primeiro tempo, mas depois a casa entrou em ordem. O lateral direito Iran agradou – Edy vai ter que ralar para retomar essa titularidade. O garoto Josivan [estamos felizes por ele] a cada jogo diz a que veio – não é espalhafatoso, joga simples e é eficiente naquilo que se propõe, está ganhando mais e mais confiança. O volante Liniker e seus passes certeiros parece ter encontrado a pareia certa – o volante Gleidson parece onipresente na defesa-meio-apoio, gostamos de ver. O meia Paulinho Mossoró disse que quer jogar, o baixinho está de volta. O meia Thiago Almeida – apesar de ter retirado a camisa infantilmente após o gol que marcou – é habilidoso e tende a crescer ainda mais durante o campeonato. O meia Birungueta entrou no jogo no segundo tempo – não sabemos como o Índio vai fazer, mas o cara quer uma vaga de titular. Do Daniel Caiçara já comentamos. O atacante Gilmar Couto não foi feliz, tem que render mais ou o moleque Poty pede passagem. O atacante Isaias, também entrou no segundo tempo do jogo, e mostrou que tem velocidade – prendeu demais uma ou outra bola, mas tem gás.

A arbitragem

Foi muito bem. Ficamos em dúvida num único lance de impedimento assinalado, mas pela atuação do quarteto vai para a conta do olho humano. Registrar aqui a referência do árbitro reserva, nesse jogo, o Emannuel Diniz, que enfatizou em entrevista ao Adelmo Vieira da Progresso AM 610 que a cidade de Sousa é hospitaleira e que ele tem grande respeito pelo povo sousense [até o final da semana a entrevista em vídeo deverá ser publicada, segundo o Zeca Boleta].

Faltou algum registro?

Poucos torcedores em campo? Certamente para um Campeonato Brasileiro sim. Mas como diria Antoine de Saint-Exupéry: “Tu te tornas eternamente responsável por aquilo que cativas”.



Foi uma aula de arbitragem
21 de maio de 2017 - Postado por: Redacao


Copyright © 2012 - Todos os direitos reservados