Destaques
Paraibano 2016: confrontos das semifinais
25 de abril de 2016 - Postado por: Redacao
 

Resultados finais do hexagonal
25 de abril de 2016 - Postado por: Redacao
 

Depois da humilhação do 5 x 0 e da classificação, algumas reflexões
25 de abril de 2016 - Postado por: Redacao
ACACHAPANTE E COM AUTORIDADE a vitória do Botafogo nesse domingo (24/abr) por 5 x 0 sobre o Sousa, em jogo válido pela volta do hexagonal (segunda fase) do Paraibano 2016.

NO AGREGADO dos 180 minutos (dois jogos – 3 x 1 e 5 x 0) Botafogo 6 x 3 Sousa.

TEORIA DA CONSPIRAÇÃO NENHUMA. Os resultados da rodada foram definidos com o interesse único de cada confronto e isso é salutar para o futebol paraibano. Salvo risco irresponsável da escalação de Bosco Sátiro num jogo do Sousa – embora registro que esse não foi responsável direto pela goleada sofrida pelo Dinossauro (mas que marcou pênalti inexistente para o Botafogo e deixou de marcar um pênalti claro para o Sousa).

Após o jogo de ontem, durante o retorno a Sousa, essa reflexão foi levantada pelo Comentarista Canarinho (Dr. Alysson Fortunato). Chega desse levante de suspeitas quanto a alguns resultados que ocorrem pela dinâmica própria do futebol.

O Campinense venceu o Treze por 2 x 1 e se permitisse a virada (com a goleada que o Sousa sofria) teriam se classificados os dois de Campina – isso não ocorreu pelo espírito desportivo das duas equipes.

O Paraíba só empatou em 0 x 0 com o CSP, no Perpetão em Cajazeiras, e se a Cobra Coral vencesse o jogo por 1 x 0 apenas, com os dois outros resultados da rodada, seria possível a classificação do CSP e do Paraíba (esse último pelo índice técnico). Isso também não ocorreu.

Ponto final nessa historieta de combinação de resultados.

A CLASSIFICAÇÃO DO SOUSA VEIO. Ouvi e recebi mensagens pelo Watts App da Resenha do Garotão, de alguns torcedores e amigos revoltados com a goleada sofrida, dizendo que preferiam a desclassificação a ter perdido de goleada para o Botafogo. Até compreendo pela humilhação do resultado.

Mas o Sousa está classificado e vai brigar pela final do Campeonato, pela Série D no segundo semestre de 2016, pela Copa do Brasil e pela Copa do Nordeste em 2017.

Duvido que os torcedores do Treze e do Paraíba estejam satisfeitos com uma derrota simples por 2 x 1 e um empate em 0 x 0, respectivamente, mas com a desclassificação à semifinal.

A HORA É DE REGENERAÇÃO, RECOMPOSIÇÃO para o Sousa. A afobação não é boa conselheira.

O treinador Jason Vieira tem que rever o que não correspondeu aos treinamentos com portões fechados, cumprir a palavra que com ele joga quem está bem e fazer o resultado em casa no dia 08 de maio para jogar com humildade e respeito ao Botafogo no jogo da volta.

EU ACREDITO NO SOUSA. Mas reconheço que do outro lado temos um adversário. Uma goleada muitas vezes é resultado da felicidade e competência de quem converteu em gols as oportunidades criadas pela incompetência do outro – ou esqueceremos que um dia uma seleção dona da casa em uma Copa do Mundo chegou a levar 1 x 7 numa semifinal?

Isso é futebol. Esfriemos a cabeça, apoiemos diretoria, comissão técnica e jogadores e cobremos atitude. Nada está perdido. Pelo contrário: teremos mais 180 minutos de um novo campeonato chamado semifinal.



Até o presidente do Sousa está acamado pela chikungunya
20 de abril de 2016 - Postado por: Redacao
 

Jason define duelo com o Botafogo em duas frases
20 de abril de 2016 - Postado por: Redacao
O treinador do Sousa falou na manhã de hoje (20/abr), ao vivo, ao repórter Jorge Gadrian, dentro da Resenha do Garotão. Em duas frases, Jason definiu o jogo da volta com o Botafogo:

- Sabemos que enfrentaremos um clima de guerra no Almeidão.

- Além das adversidades naturais a uma reta final de campeonato, nossos jogadores continuam atingidos pela chikungunya.

Em tempo: Jason Vieira permanece com a estratégia dos portões fechados durante os treinos do Sousa.



Por terceiro amarelo: ala-atacante Eduardo Recife desfalca o Sousa
20 de abril de 2016 - Postado por: Redacao
 

Tem caroço nesse angu: tribunal adia julgamento do caso Sousa
20 de abril de 2016 - Postado por: Redacao
 Julgamento extemporâneo e sem fundamento deveria ter ocorrido nesta terça (19/abr).

Copyright © 2012 - Todos os direitos reservados