Destaques
Reforço: meia Júlio Brasília chegou e treinou
23 de fevereiro de 2015 - Postado por: Wellington Ferreira
O meia Júlio Brasília veio do Santa Cruz do Rio Grande do Norte, 23 anos de idade, 1,70m. Canhoto. O jogador treinou na manhã de hoje, no time de baixo.

Rapidinho:

No coletivo de hoje (23/fev), o treinador Roberto Carlos tarbalhou a onzena titular com: Ricardo / Gilberto Matuto, Jefferson e Andrey, Josivan / Erandir, Algodão e Lailson / Brazinha, Regis e Rodrigo Potim.

O lateral esquerdo Camilo foi poupado; motivo: um tostão.

O zagueiro Dogão ainda não foi regularizado.



Diretoria do Sousa revoltada com tabela do Paraibano
21 de fevereiro de 2015 - Postado por: Wellington Ferreira
O último jogo do Sousa foi no dia 11 de fevereiro, contra o Miramar, no Marizão.

O próximo jogo do Alviverde Imortal será no dia 25 de fevereiro, contra o Campinense, no Amigão.

Depois da Raposa, o Dinossauro do Sertão só voltará a campo no dia 08 de março, contra o Botafogo, no Almeidão.

Não é UEFA Champions League, é Campeonato Paraibano mesmo.

O Sousa tem um intervalo de 13 dias entre Miramar e Campinense e de 10 dias entre Campinense e Botafogo.

O absurdo dessa tabela é justificado pela Federação Paraibana de Futebol pelo pretexto de que o Botafogo (que já perdeu três seguidas) e o Campinense (que perdeu uma e empatou duas) disputam a Copa do Nordeste.

Será válido adequar a tabela do Estadual em apoio aos representantes paraibanos na Copa do Nordeste ou na Copa do Brasil. Mas dar intervalos de 13 e 10 dias entre jogos do Sousa também é demais.

Essa realidade fez o presidente do Sousa, Aldeone Abrantes, esquentar a cabeça e manter contato com o presidente da Federação Paraibana de Futebol, Amadeu Rodrigues.

- Inconcebível o que estão fazendo com o Sousa. A tabela tem sido madrasta conosco e já procuramos o presidente Amadeu Rodrigues em busca da solução – disse Aldeone.

Ainda segundo o dirigente, será preciso rever os jogos do mês de abril:

- Para o Sousa tem um jogo agendado no dia 22 de abril às 21:30 horas e outro no dia 24 de abril às 20:30 horas, menos de 48 horas entre um jogo e outro. Essa semana adiaram CSP x Lucena alegando o intervalo que nós defendemos das 66 horas entre um jogo e outro. Mas eu pergunto: os jogadores do Sousa não têm direito às 66 horas também? Vamos jogar com o Botafogo aqui numa quarta-feira à noite e depois viajar 440 km para enfrentar o Auto Esporte numa sexta-feira? Absurdo! Inaceitável!



Torcedores em prol do futebol sertanejo movimentam a cidade de Patos
21 de fevereiro de 2015 - Postado por: Wellington Ferreira
Na manhã deste sábado (21/fev), torcedores do Nacional e do Esporte de Patos foram às ruas pela articulação de um movimento em prol dos Clubes profissionais que um dia representaram o Sertão na primeira divisão do Campeonato Paraibano de Futebol.

O objetivo dos torcedores é realizar uma grande manifestação no dia 26 de fevereiro defronte à Câmara Municipal de Vereadores, por volta das 19 horas.

Na movimentação da manhã de hoje, entre os torcedores estavam Marcos César, atual presidente do Esporte, e Allyson Bruno, advogado e pré-candidato a presidente do Nacional – além do cronista esportivo Dr. Allyson Fotunato, que registrou tudo para o Blog do Garotão.

Na pauta das reivindicações, além de uma reforma para o estádio José Cavalcanti, está a exigência de patrocínio da Prefeitura Municipal de Patos para os dois clubes.

O Sertão

O movimento dos torcedores de Nacional e Esporte de Patos é válido.

Fato é que o Campeonato Paraibano foi enfraquecido com a saída das duas equipes patoenses. Sem a intenção de afrontar Miramar, Lucena, Internacional, Flamengo, Santa Cruz, Queimadense, Sport Campina e Perilima, esses clubes nada mais representam que 6 pontos para Botafogo, Treze e Campinense, que não precisam nem viajar para jogar.

Torcida

A coisa anda tão melancólica, sem a raça do Nacional e a persistência do Esporte, que a torcida do Sousa anda torcendo para a horrível equipe atleticana não ser rebaixada.

Registro importantíssimo

Em Patos os torcedores estão indo às ruas exigir que a Prefeitura patrocine Nacional e Esporte.

Aqui em Sousa, o Dinossauro recebeu apenas uma fração do patrocínio aprovado em lei para a disputa do Estadual de 2014 e se alguém for ao rádio ou escrever em qualquer mídia social que a Prefeitura não está repassando o que é do Sousa por direito a conotação ventilada é “politicagem”.

Miremos o exemplo de Patos: a briga é pelo futebol!

Se lá eles lutam por Nacional e Esporte, aqui devemos somar pelo Sousa!



Teremos pênalti a favor do Treze também contra o Botafogo?
21 de fevereiro de 2015 - Postado por: Wellington Ferreira
 

Imagens do coletivo do Sousa: 20 fev. 2015
21 de fevereiro de 2015 - Postado por: Wellington Ferreira
 

Goleiros do Sousa treinam sob o comando de Fia
20 de fevereiro de 2015 - Postado por: Wellington Ferreira
 

Um Sousa com outra cara
20 de fevereiro de 2015 - Postado por: Wellington Ferreira

Seria desnecessário escrever que o ser humano vive a comparar. Que nós elegemos padrões (ou expectativas) e a partir de experiências (passadas ou vivenciadas no presente) contamos satisfeitas ou descrevemos frustradas essas expectativas ou a percepção com referência a essas.

Em outros termos, quem tem acompanhado o forte ritmo de treinamentos do Sousa, sempre em dois expedientes, tem comparado o trabalho do treinador Roberto Carlos com o do ex-treinador Pedro Albuquerque.

É um exercício simples. Um ato inevitável. Basta comparar.

O Sousa que atravessou o feriado de carnaval trabalhando já tem outra cara.

Não (e também) porque na zaga apareceu um tal de Dougão (Douglas). Pau de dar em doido, diriam os boleiros de antigamente. Ao lado de Jeferson então...

Não (e também) porque na cabeça de área o volante Erandir (que deve pintar com a braçadeira de capitão) marca, passa, fala e articula...

Não (e também) porque no ataque o Régis tem dado o que falar. No treino da quarta-feira recebeu cinco bolas (assistências) e guardou quatro...

O Sousa tem outra cara porque treino com bola é sinônimo de treino tático. De treino com visualização de jogadas de jogo. De treino com posicionamento de zaga, de volantes, de meias, de laterais, de atacantes... Treino com Roberto Carlos de um lado e o auxiliar Pióca do outro...

É outro Sousa!

Merece o apoio do torcedor também nos treinamentos.



Copyright © 2012 - Todos os direitos reservados